sábado, 8 de novembro de 2008

Eduardo, não deprede o orelhão, meu filho!

O Eduardo é um rapaz de 24 anos extremamente criativo, gente boa, paulista, sobrevivendo da agricultura (eu ainda preciso descobrir como ganhar dinheiro plantando), editor do "Depredando o Orelhão" ( http://depredando.blogspot.com ), Índice de Downloads que eu recomendo pela sua sofisticação e profundidade com que analisa cada álbum postado, precisa nos explicar a rima "Porque bom-gosto é coisa de cristão". Eu sou um atoa (nem ateu chego a ser) mas não me considero um sujeito de mal-gosto. Oh Eduardo, bom-gosto está ligado a vivência e experiências pessoais. Você é o que é pela vida que levou, pelo berço em que nasceu, pelo empenho que colocou na transformação de alguma circunstância adversa. Portanto, não deprede o orelhão, Eduardo, mas continue a postar os magníficos trabalhos que você tão bem nos apresenta.
Mas o Eduardo é também excelente "resenhador" de livros e filmes, além de escrever sobre o que gosta lá no http://muminha.blogspot.com . Desde 2004 no ar, o Blog do Muminha traça literatura, foto, cine, vida, amor, e o que mais estiver balançando o coração do Eduardo. Gostei, Muminha.
Pensa que o Muminha para por aí? O cara ainda arranja tempo para tocar no grupo Senhoras Católicas (ou Liga das Senhoras Católicas). Ver para crer lá no http://senhorascatolicas.blogspot.com e ouvir para crer nos shows que esperamos ansiosamente ver espalhados por todo o país.

Torcemos por você, Eduardo.

Um comentário:

Eduardo Carli de Moraes disse...

Hey Ricardo! Valeuzão por esse destaque que me foi concedido por aqui. Fiquei contente e orgulhoso! Espero que mais gente bacana como você acabe conhecendo os blogs - e a banda! - através desta dica aqui.

Qto ao "slogan" do Depredando o Orelhão, o polêmico "porque bom-gosto é coisa de cristão", isso é meio que uma piada interna que os visitantes talvez não entendam muito bem, mesmo, mas que gostamos de deixar assim, envolto num certo mistério...

Eu e um amigo meu costumávamos dizer que as pessoas muito "encanadas" com o tal do bom-gosto, que só querem ouvir som de "alta classe", que são "cristãos musicais" que só querem saber da Música Boa e Celestial, acabam ficando limitadas num mundinho muito fechado. Já a gente não: não tem medo de coisas supostamente de mau-gosto ou de pouco refinamento. Ouvimos de tudo (como mostra o blog, que não tem gênero definido...), com ecletismo proposital, mandando orelha adentro punk, grunge, metal, folk, blues, samba, jazz e tudo o mais q vier...

Acho q é isso! Um abraço.

Eduardo

 
BlogBlogs.Com.Br