domingo, 22 de março de 2009

A Casa da Mãe Joana é aqui (adivinha porque!)

Quem no Brasil não se sente vivendo na "Casa da Mãe Joana" não está em seu juízo perfeito (e deveria ser interditado) ou se beneficia da situação. Consulte os meandros mais profundos de sua Consciência e depois me diga se não tenho "alguma" razão.
Foi pensando nisto que resolvi pesquisar a expressão "Casa da Mãe Joana" na Net e, é óbvio, a encontrei em http://acasadamaejoanananet.blogspot.com/ , a Casa da Mãe Joana na Net, um ótimo Índice de Downloads com software, música, imagens, filmes, eBooks e tudo o mais que te faz feliz (infelizmente não tem dinheiro não). Um achado precioso que tem pouco a ver com a bagunça que se espera encontrar na Casa da Mãe Joana.

E porque a turma do casa da Mãe Joana teve que acrescentar o "na Net" para registrar o nome do blog? Porque a Carol e o Leo do blog A Casa da Mãe Joana (sem o na Net) estão travando o nome desde 2003 em um blog que nunca deslanchou e não passou de 5 postagens lacrimosas sobre saudades da família. Oh vocês dois! Faz o favor e libera o título do blog (ou façam bom uso dele). Ficar nesta de não trepa nem sai de cima é que não dá.

Casa da Mãe Joana também é título de um ótimo filme dirigido pelo Hugo Carvana ( procure pela ficha no http://www.adorocinemabrasileiro.com.br/ ). Vale a pena ver.

Mas eu me encantei mesmo foi com o A Casa da Mãe Joana da Jurema Cappelletti, que pode ser acessado lá em http://puteiro-nacional.blogspot.com/ (entendeu agora porque eu não escondo os links atrás de palavras?). Este sim um trabalho que é a síntese de tudo o que sinto por esta sub-espécie que habita o Poder nesta bagunça chamada Brasil.
Tá certo que canalhice não é uma invenção brasileira, mas vamos e venhamos, nós a aperfeiçoamos ao extremo de torná-la uma Arte. O topo de nossa pirâmide Federal é merecedora de premiação internacional. Estamos aptos a disputar torneios de vigarice com qualquer paisete africano (que me perdoe a Africa - mas nós só perdemos para alguns de seus representantes - por enquanto).

Mas fica aqui uma mensagem de esperança: eu não vejo solução e daqui prá frente a coisa só vai piorar. E não queira conhecer a minha opinião pessimista!

P. S.: em tempo eu queria registrar aqui o ótimo trabalho da Rê (Renata Tomasi Bastos) no http://acasadamaejoana.wordpress.com/ em um blog intimista e encantador, como certamente deverá ser sua criadora, que não tenho o prazer de conhecer. Parabéns!

2 comentários:

disse...

Oioi ;)
Obrigada pela visita, pela divulgação e pelo elogio!

Beijão.

Jurema Cappelletti disse...

Cheguei a seu blog por acaso, numa daquelas pesquisas no Google (meu grande amigo). Como você se interessou pelo termo a Casa da Mãe Joana, no outro dia recebi um artigo com o artigo sobre sua Coloquei lá no blog (10/07) "A Casa da Mãe Joana" - origem, significado e o Congresso Nacional . Acho que você vai gostar.

Um abraço, Jurema Cappelletti

 
BlogBlogs.Com.Br