domingo, 24 de maio de 2009

Navegando por um mar de MP3 com o Pirata do Rock

E o Pirata do Rock está de volta. Diz este paulista de São Paulo - SP que não conseguiu ficar parado e retornou para nos presentear com quilos do material mais subversivo do planeta: Rock'n'Roll.
Vá conferir lá no Pirata do Rock ( http://blogpiratadorock.blogspot.com/ ) e me diga se não tenho razão em admirar o excelente nível do trabalho do Pirata. Uma seleção do melhor do Rock muito bem apresentada e disponibilizada de forma clara e de fácil acesso (foi assim com tudo que baixei).
Não bastando ser profundo conhecedor do assunto em pauta (Rock - seu distraído), o Pirata também escreve muito bem e seus textos valem um olhar mais atento. Gostei muito de sua análise sobre o sentido e o valor do tempo na vida moderna. Você tem razão, o Rock Progressivo nos dias de hoje não decolaria, assim como acho que a música clássica é apreciada por um público menor a cada dia. Estamos sendo engolidos pelas engrenagens da "vida moderna" (vida?).
Só chamo a atenção do Pirata para o Player de Música online que entra "ligado" na carga do blog, o que atrasa esta carga e pode provocar situações indesejadas (imagine acessar o site do Pirata no trabalho com as caixas acústicas ligadas - que mico!). Ou ele entra desligado ou não entra (retire-o). Como está é cilada.

Filosofia a parte, com tempo ou sem ele, não dá para não visitar o Pirata. Você será "capturado", eu estou certo disto, mas quem se importa, it's only rock'n'roll!!!!!!

P. S.: este adendo, em 25/05/2009, é para me desculpar com o poeta, escritor e jornalista Rubens Jardim ( http://www.rubensjardim.com/ ), verdadeiro autor do texto que atribuo ao Pirata (que não é "tão" pirata assim - me corrigiu de pronto). Eu simplesmente caí nas armadilhas do "tempo", conforme discutido no próprio texto do Rubens (agora eu sei). Eu li o que queria ler, entendi o que queria entender. Temos todos muito pouco "tempo" para ficar checando informações, cruzando dados e referências, fazendo releituras. Se "parece" ser assim então é porque "é" assim (e pau na máquina!). Confesso que errei.

Um comentário:

pirata disse...

Oi Ricardo, já add seu blog lá no Pirata. Abraços.

 
BlogBlogs.Com.Br